Sunday, 14 December 2014

Leopoldo Garcez Menezes - Jardim de Allah (1952)

No lindo jardim de Allah
De mil noites e de fadas,
Dançam moiras encantadas
Sob um luar e opala.

Os seus olhos são punhais
Através do lindo véu,
E os seus corpos sensuais
São das huris lá do céu.

Vem comigo, meu amor,
Que m’estás a enfeitiçar,
A acalma-me esta dor
Com a luz do teu olhar.

Paraiso oriental
Que encanta e enebria,
Jardim de luz e magia
Como não há outro igual.

Deixou-me extasiado
Nem sei minh’alma que sente,
Quero viver ao teu lado
No jardim eternamente.

No teu regaço, ó flor,
Peço-te p’ra m’embalar,
Que este meu sonho de amor
Só contigo há-de findar.

No comments:

Post a comment