Tuesday, 31 May 2011

Remígio Botelho - E Agora? (1966)


E agora
A paz orvalhada
Da Madrugada…
E um povo que chora
Desconsolado
Seu filho amado.

É finda a labuta…
E a luta
Entre gente irmã…
E agora –
Nessa manhã
Consoladora,
Só a paz dos céus,
Sob o perdão de Deus.

No comments:

Post a comment