Wednesday, 5 December 2012

Alberto de Menezes Rodrigues - Glória ao Soldado Indiano (1962)

O Dragão Amarelo
Fincou
Suas garras
No solo sagrado
Da nossa Pátria
E uma guerra feroz rebentou!

Porque todos nos unimos
Para enfrentar com energia
A agressão cínica e desumana,
Porque a nossa causa é justa
E numerosas nações nos deram
O conforto da sua simpatia
Quase que se vislumbra a vitória indiana.

A Alma do sempre lembrado
Mahatma Gandhi
- O Pai da Nação –
Paira sobre a Índia
Como uma Sombra inspiradora,
Como uma Sombra que vale por ela
Não nos intimidemos diante da força agressora
Que avançou!
Não está longe a despontar do dia
Em que os invasores,
Não podendo aguentar os combates,
Regressem cabisbaixos aos penates!

E desta provação, que o Destino lhe impôs,
A Nação emergirá
Mais unida,
Mais coesa,
E mais contente,
Continuando a trabalhar
Em prol da Humanidade,
Cônscia da sua alta missão no Mundo.
E atingirá rapidamente
A meta da prosperidade.

Longe, nas regiões montanhosas do Himalaia,
Cobertas de neve,
Os nossos jawans batem-se com bravura.
- Que os nossos corações palpitem de orgulho
E de gratidão! –
Defendendo a Nação,
Eles defendem a nós e os nossos lares.
E quantos tombaram para sempre,
Vítimas do furor insano
Dos chineses!

Glória ao Soldado Indiano!

No comments:

Post a comment