Monday, 15 July 2013

Judite Beatriz de Sousa - Certeza (1955)

O que aconteceu agora
Já devia acontecer
- Não me atormentam receios
Porque prendi a verdade

O que devia chegar
Já chegou. E o que vai partir
Tinha também de se ir embora.
- Não me dói o meu anseio
Nem eu tenho de esperar
Pela tristeza da hora.

Estes silêncios não doem
Como incertezas
Ou reticências
Porque tudo o que
Tinha de ser!

Não há mágoa
Nem lembrança
- apenas há esperança
e - porque não – há certeza
de eu já poder esquecer.

No comments:

Post a comment