Friday, 8 July 2011

Maria Odília C.A. Battel - Carnaval (1963)

É Carnaval! E os homens sem critério,
Ocultos por detrás da Fantasia,
Tiram, enfim, a máscara que os prendia
À pureza e bom senso do que é sério.

- E a rir perdidamente o mistério,
Que nos fala de Deus e de Poesia –
Esquecem Beleza e Harmonia
Dos sonhos puros dum azul etéreo.

- E enterram suas almas sem saber
No burlesco que a farsa as faz descer
Como fantoches num abismo fundo!

- E gritam: eis chegado o Carnaval
Mas – ai de nós – é sempre Carnaval
Enquanto houver hipócritas no mundo!

No comments:

Post a comment