Thursday, 31 March 2011

RV Pandit - Mar de Embriaguez (1965)

O homem
Uma vez

Quis sondar
O fundo do mar
Do vinho, da embriaguez

E…
Lentamente
Foi perdendo

A sapiência
A dignidade
A noção da vida

E do homem
Que é que ficou?

Ficou um cadaver
A boiar
À superfície do mar

Um homem
Sem humanidade.

No comments:

Post a Comment

Post a Comment