Tuesday, 14 February 2012

Laxmanrao Sardessai - A Sementeira (1966)

Eu faço a sementeira das ideias
Que são como as almas
Que animam os corpos.
Mas dizem-me os sisudos:
“Tuas ideias são abstractas
E não alimentam...”
Abstracta é a luz,
Geradora da vida.
Abstracto é o ar que se respira,
Abstracto o céu
Que é o continente
De toda a matéria.
Assim são abstractas,
Muito mais abstractas
Do que a luz, o ar e o céu –
As minhas ideias que alimentam
As almas de todos os homens.

No comments:

Post a comment