Sunday, 13 February 2011

Visnum Porobo Sincró - Glória ao Herói no 4o Aniversário da Morte de Tristão Bragança Cunha (1962)

Amaste, Ó Mártir, a tua terra Natal,
Nunca a olvidaste ainda no momento fatal,
Sofreste cada momento por Goa, terra mãe,
Que a triste sina não te deixou ver em glória.

De corpo e alma pelejaste durante a vida,
Exemplo glorioso à mocidade esmorecida,
Iniciaste primeiro a obra de libertação,
Mas, sorte cruel, em vê-la liberta não tiveste satisfação.

Goa nunca esquecerá o que fizeste por ela,
Nas agruras que padeceste por causa d’ela,
Mereces ser adorado em todos os lares.

Desde os mais humildes e até mais seculares
As gerações vindouras de Goa adorarão
O Dr. Bragança Cunha do todo o coração.

No comments:

Post a comment