Tuesday, 14 June 2011

Laxmanrao Sardessai - O Inferno (1966)

Eu marcho, incansável, direito,
Mas dizem-me os meus:
“Tu marchas para o inferno
Onde há ódio e vingança,
Ignorância e pobreza”.
E eu não hesito – marcho avante….
Firme e decidido,
Como sempre fui na vida,
E marcho, sereno e contente,
Porque levo comigo
A chama das ideias
E a fé do meu ideal
E o espírito de sofrimento,
Se, na verdade, marcho para o inferno,
Em vez de paraíso,
Estou certo de que em breve,
Quando eu entrar no inferno,
Este se converterá num paraíso
À força de ideias,
E do ideal e de sofrimentos
Que levo comigo.
Deixai-me passar amigos,
Porque onde entram as ideias
E mais o sofrimento
Não há inferno
Há só paraíso.

No comments:

Post a Comment

Post a Comment